sábado, 26 de janeiro de 2013

LINCOLN - CRÍTICA

Nesta sexta foi a estréia de Lincoln e o apiceiro João Pedro conta pra gente o que ele achou. Acompanhe: 

O que posso afirmar para vocês sobre o filme é que não foi criado para ser badalado como é o caso dos filmes da Marvel, onde milhões de pessoas esperam ansiosamente a chegada às telas de cinema. Mas posso garantir a todos que é uma baita aula de história sobre o que eu acredito ser o melhor presidente que os Estados Unidos da América tiveram a honra de ter, pois mostra como era o ser humano conhecido como Abraham Lincoln. Mas vamos  falar de mais um belo trabalho de Steven Spielberg, que sem dúvidas irá ser um sucesso de bilheteria.

O filme começa com uma pequena explicação de como os Estados Unidos entraram na Guerra Civil. Logo em seguida, mostra Abraham Lincoln conversando com soldados negros sobre o que eles pretendiam com o final da guerra e o que eles iriam fazer ao voltar para suas famílias. Mostra como seu 16 º presidente lutava no congresso para o final da guerra e a aprovação da 13º emenda, onde constava o fim da guerra e da escravidão. Ele honrava à risca o juramento que tinha feito quando assumiu o cargo de presidente.




O ator Daniel Day-Lewis, que representa o protagonista nas telonas, e o diretor Steven Spielberg souberam mostrar como era a relação com sua família e como ele lidou com a perda de um filho por conta da Guerra. Conseguiram trazer para o público também algumas histórias que Abraham gostava de contar para as pessoas ao seu redor. 


Apesar de ser um filme mais sério, por ser uma espécie de biografia de Abraham Lincoln, existe momentos que é possível dar umas belas gargalhadas e sem dúvida a história consegue envolver a todos. O momento que mais emociona a plateia é quando sai o resultado da 13º emenda e quando é anunciada a morte de Lincoln.









Ficha técnica: 


Nome do filme: Lincoln
Nome original: Lincoln 
Direção: Steven Spielberg
Roteiro: Tony Kushner (roteiro) e Doris Kearns Goodwin (livro) 
Elenco: Daniel Day-Lewis, Sally Field, David Strathairn, Joseph Gordon-Levitt, James Spader, Hal Holbrook, Tommy Lee Jones e John Hawkes
Classificação: 12 anos 



Texto: João Pedro Baraniuk.

Nenhum comentário:

Postar um comentário